Em janeiro, Novo salário mínimo muda piso de benefícios, revisões e atrasados do INSS

Em janeiro, Novo salário mínimo muda piso de benefícios, revisões e atrasados do INSS

O novo salário mínimo de R$ 1.039, que está em vigência e que será pago, neste valor, até o quinto dia útil de fevereiro, provoca  mudanças que vão além da remuneração de parte dos trabalhadores assalariados. É importante os trabalhadores e empregadores ficarem ligados: entre as alterações mais importantes está a definição do novo piso das aposentadorias, pensões e auxílios-doença pagos pelo INSS, que obrigatoriamente devem ter o mesmo valor do salário mínimo.

Entre os beneficiários da previdência social no Ceará, a exemplo do que acontece em outros estados, quase 70% recebem um salário mínimo. Para quem recebe o piso salarial das aposentadorias, pensões e auxílios do INSS, os depósitos com o salário mínimo corrigido ocorrerão entre os dias 27 de janeiro e 7 de fevereiro. O novo salário mínimo também altera os recolhimentos feitos ao INSS a partir da competência de janeiro.

O valor a ser pago em fevereiro (referente a janeiro) deve ser calculado sobre R$ 1.039. A alíquota depende do plano de recolhimentos. O abono do PIS também vai subir para acompanhar o novo piso salarial. Ao longo de 2020, o benefício sacado vai variar entre R$ 86,58 e R$ 1.039.