Prefeitura de Ibicuitinga posta justificativa mentirosa para enganar a população

Prefeitura de Ibicuitinga posta justificativa mentirosa para enganar a população

Após veiculação da denúncia realizada pelo vereador Eusébio Pinheiro, onde o mesmo noticiou que as máquinas do PAC e os funcionários da Prefeitura Municipal de Ibicuitinga estariam realizando etapas da obra de pavimentação em paralelepípedo na rua do Posto de Saúde do distrito de Antônio Pereira, a Prefeitura Municipal lançou uma nota buscando realizar uma justificativa da situação irregular. 

No entanto, trata-se de uma justificativa mentirosa da Prefeitura e do Prefeito Franzé, para tentar enganar, mais uma vez, o povo de Ibicuitinga, conforme esclarecemos a seguir. 

O que a Prefeitura fez, foi basicamente assumir a culpa da fraude na prestação do serviço, buscando iludir a população com base em divergência dos termos: terraplanagem, conformação/patrolagem da plataforma, posto que o serviço de terraplanagem corresponde ao item onde conformação/patrolagem da plataforma é subitem, ou seja, este último corresponde a uma espécie de execução do primeiro, permitindo a promoção da terraplanagem, que consiste na preparação do terreno para o serviço. 

Tais informações podem ser facilmente observadas ao analisar o Memorial Descritivo e Especificações Técnicas apresentado na TP 17/2018-SEOB, onde no item 8, especifica a necessidade de execução do serviço de terraplanagem por parte da empresa, bem como, pode ser verificada ainda,  a Planilha Orçamentária Consolidada, onde no item “3- Locação e Terraplanagem” estão inseridos os subitens “3.1- Conformação/Patrolagem da Plataforma” e “3.3- Escavação Manual em Campo Aberto até 2m”, tendo sido estes serviços prestados diretamente pela prefeitura, quando na verdade, era obrigação da empresa contratada, o que ocasiona sério prejuízo à máquina pública visto que será pago um serviço não realizado, e também, impossibilita que essas máquinas e servidores trabalhassem em outra obra para ajudar no desenvolvimento da cidade. 

Conforme apurado por nossa equipe de redação, os serviços de terraplanagem, assim como o de conformação/patrolagem da plataforma, consistem na prática, em preparar o terreno onde deverá ser realizada a construção. 

Nesse caso, a atividade desempenhada pela Prefeitura ao promover a raspagem do terreno, nivelamento do solo, preenchimento dos buracos com areia, possibilitam terreno adequado para ser iniciada a próxima etapa, qual seja, cobertura com o colchão de areia, e posteriormente o recebimento dos paralelepípedos que comporão o calçamento, tornando totalmente dispensável a etapa licitada e contratada de conformação/patrolagem da plataforma, conforme dispõem os itens citados. 

Aproveitamos ainda para rechaçar a postura vergonhosa da equipe de Comunicação da Prefeitura ao tentar ludibriar os munícipes acerca da grave denúncia feita, visto que caberia ao Poder Público Municipal buscar promover a transparência de seus atos, sendo esta, uma das máximas norteadoras da Administração Pública. 

É repugnante perceber que ao invés da verdade, usam-se da mentira para se promover e enganar a população. 

Por fim, nossa equipe reafirma o seu total compromisso com a veracidade dos fatos e com a busca do desenvolvimento regular da cidade de Ibicuitinga, visto que estamos sempre disponíveis a denunciar as irregularidades das gestões municipais, viabilizando à toda população, a disseminação da notícia verdadeira, para evitar que exista conivência com o sucateamento da máquina e serviços públicos, lutando para que um dia, possamos superar a ideia do “rouba mas faz” e possamos verdadeiramente vivenciar a realidade do faz sem roubar.